Devo Tudo a Você

Letra - Edgard de Oliveira Barros
Música - Roney Signorini

Você não tem o direto de dizer que na te devo nada.
Foi bem por isso, esse teu jeito de me fazer sentir tão soberano
que acabei te devendo tudo.
Mas eu te devo cada olhar, cada momento e pensamento, cada sofrimento.
Eu devo tudo.
O que já fui e tudo o que você me fez.
Devo o ombro amigo, a dose certa do remédio amargo que tomei –pra me levantar.
Te devo s sonhos e toda a realidade, e toda essa verdade que você me deu.
Essa vida boa, esse riso à toa, essa confiança, toda essa esperança, muita esperança.
Você não te o direito de dizer que não te devo nada.
E saiba com certeza que te devo muito, que te devo tato, tanto, tanto que me devo inteiro pra você